QUANDO TUDO COMEÇOU !!!

Tudo teve início por volta de 1984, aos meus 8 anos de idade, quando ganhei de minha vó materna Tolentina, um coleiro baiano do peito amarelo, bico branco com uma faixa preta no bico. era uma manhã bem cedo quando fui acordado por um galo e um passarinho cantando, até então isso era um sonho, pois só possuía como animal de estimação um cachorro pequinês chamado tâmíco. mas eu sonhava em ter um passarinho, e quando ouvir o canto do galo eu cheguei a despertar, mas logo em seguida quando ouvir o canto do pássaro dei-lhe um pulo do beliche e seguir o canto do pássaro que estava em pendurado na cozinha, olhei para minha vó e ela me disse, é seu, quis de imediato ter a gaiola em minhas mãos para velo de perto, colocar água, comida e limpar a gaiola e passear para mostrar aos meus amigos.

Em seguida, mas tarde junto com minha vó construímos um galinheiro no quintal para o galo, e comecei minha peregrinação para consegui uma galinha para o galo e uma fêmea para o coleiro baiano, foi quando dias depois na tentativa de conseguir uma companheira para meu coleiro no mato que um galho rompeu uma das talas da gaiola e o meu coleiro fugiu. o meu coração naquele dia doeu tanto, que tomei aquilo com um castigo de deus e passei então a reproduzir as galinhas, mas sempre com o coleiro na memória e no coração, ate que um tempo depois troquei vários frangos por outro coleiro baiano peito amarelo com bico preto, mais muiiiiiiiiiito, mas cantador que o primeiro, o que me fazia levá-lo para todas as praças, ruas e casas que tinha um coleiro cantando, e desde então fiquei viciado e ao mesmo tempo morrendo de medo de perde-lo também. foi quando enfiei na cabeça que tinha que tirar filho do mesmo para lembrá-lo para sempre.

E muiiiiitos anos depois, em 2004 montei o meu primeiro criatório chamado criar & amar, muiiiiito humilde e sem estrutura, mas procurei iniciar corretamente, pesquisando e estudando muiiiiiiiiito e adquirindo pássaros filhotes e totalmente legalizados, mesmo sem ter muitas informações e artigos sobre a criação e reprodução em ambiente doméstico de pássaros nativos brasileiros naquela época, tendo como grande referencia o Sr Marcílio Picinini, precursor da reprodução em larga escala dos principais pássaros canoros brasileiros!!!!